quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Somos o que somos

Sorrimos e cantamos, choramos e calamos.
Somos a voz que não se faz ouvir, a voz que cala quando uma outra se levanta. A lágrima que seca no rosto quando a vida nos ensina uma lição.
A música que antes era descontraída e alegre, passa a um som austero e triste que a minha mente absorve.
O sorriso escasseia entre a multidão e a tristeza é nobre.
A pequena figura de um jovem, diminui aos olhos dos outros, mas a fraca aparência esconde às vezes muita fibra.
Somos o vulto que, ou repassa por entre a multidão, ou é o touro de uma praça cheia.
Temos a voz deslocada, o olhar assertivo e o ouvido cansado, que é como se fosse uma entrada livre a quem quiser entrar, sem pedir nem pensar.
Há dias em que nos sentimos assim, no fundo, no nada! Mas com o amanhecer de outro dia, sentimos que nada está acima de nós, apenas a chuva, que mesmo assim nos cai aos pés!
Esta força vem de dentro do que realmente somos e valemos, e toda essa força torna-nos num ser forte, consistente e firme.
Somos o que somos em todas as orações, fecha os olhos e sente as minhas emoções.


23 comentários:

Mariana Moreira ; disse...

É raro encontrar o blog de um rapaz. Adorei :)
sigo*

Cristina Araújo disse...

obrigado por seguires :)

Pixie disse...

Adorei :)
Estou a seguir*

filippamoreira disse...

gostei mesmo $:

Raqél Almeida disse...

Amei o teu blog! :)
Estou a seguir **

LEN▲ disse...

nice blog!

peace and love, Lena.

Daniela Neto disse...

Ai que eu amo este blog :D

lisandramartins disse...

bem é difícil de encontrar blogues assim e pra mais feitos por rapazes ;D
gostei muito (:

« catiasilva disse...

gostei *
sigo :$

ritandrade * disse...

adorei o texto :)

Anónimo disse...

tu és único ! por muito que o vento sopre tu só vais na tua direção ! continua assim , o senhor do sentimento .

obrigado por tudo :'(

C. disse...

Gostei mesmo. Estou a seguir :)

patrícia seabra disse...

Gosto muito do teu blog *-*
vou seguir (:

A" disse...

Gostei mesmo. Um rapaz escrever assim é no mínimo... espantoso! Estou a seguir. Tens talento, sem dúvida. :)

Marisa Engenheiro disse...

adorei *.*
sigo (:

Renata disse...

Gostei imenso dos teus textos, parabéns ;)

Anica disse...

Adorei!
estou a seguir*!

filipa disse...

'Há dias em que nos sentimos assim, no fundo, no nada! Mas com o amanhecer de outro dia, sentimos que nada está acima de nós, apenas a chuva, que mesmo assim nos cai aos pés!'
concordo (:
adorei o texto.

Limão ॐ disse...

gostei imenso mesmo *.*

JoanaProença disse...

não é precisao alguém fechar os olhos para sentir aquilo que escreves.

transmites tudo tão bem. mesmo quando te sentires assim, nesses dias em que em que até o fundo parece distante, sorri. e acredita, que um sorriso pode salvar o teu dia. pode alegrar o teu coração

rafaela monteiro. disse...

escreves bastante bem (:

Cláudia disse...

Este texto é dos melhores, amei *.*
Está simplesmente brutal :)
Gosto do teu blog, seguir :b
P.S. Desculpa estar a comentar como anónimo, mas é que não consigo comentar com a minha conta :x
Aqui deixo o meu blog, se quiseres passar por lá:
http://claudiavanessasilva.blogspot.com

andreiadiogomartins, ♥ ! disse...

adoro estes textos *.*
continua, sempre (:

p.s. deixa o teu cabelito crescer $: amo-o grandes (: