quinta-feira, 1 de março de 2012

Viagem

A existência é sempre uma dúvida constante. As perguntas são do mais variado tipo: “O que sou? Quem sou eu? O que faço aqui?”. Nada sabemos, apenas vivemos para aqui e para ali conforme a vontade que nos deram. Fazemos tudo, achamos que tudo está bem e são dias e meses sempre rotinados em que habituamos todo o Mundo a ver-nos com um sorriso esboçado na cara. Mas chega a noite, e nesse dia que anoitece, sentamos o nosso corpo já cansado de uma viagem sempre igual e pensamos outra vez naquela dúvida! Mas afinal, o que sou?
Não sou o que eles pensam, apenas de mim sabem o nome, desconhecem a partida e a chegada, desconhecem o destino, assim como eu, que vagueio e vejo sempre o mesmo, que me escondo e continuo a não ver nada, que fujo que nem um louco e parece que encontro sempre o mesmo.
Vou viajar! Talvez me faça bem, sentir outras coisas, ver pessoas, ver cidades com casas altas e ver o Mundo de outro ângulo. Viajar para me conhecer a mim primeiro. Viver com o que sou, descobrir o que ainda não sei, afastar-me do comum que ainda hoje é todo meu e possivelmente alcançável, mas indesejavelmente o desejável.
Foi a alternativa que encontrei, estas interrogações iriam derrubar-me. E fui, na esperança que na viagem me encontrasse, desse comigo tal e qual como sou, e mais tarde, irei regressar e talvez ninguém me conheça, nem mesmo eu!  


8 comentários:

Renata disse...

Adorei!

diana rodrigues * disse...

está perfeito :)

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

MR disse...

A vida é assim, uma constante descoberta pelo que somos. Não podia ter-me identificado parabéns, boa sorte nessa descoberta e nessa viagem!

Sky Blue disse...

simplesmente adorei, já sigo :)

Jane Harvey disse...

Olá,
Gostei imenso do teu texto. É impressionante a maneira como descreves a dúvida que se abate sob milhares de pessoas. E a forma como descreves a incessante busca pelo "eu" interior como uma viagem. Muito interessante. Belo texto.

máaf. disse...

Gosto tanto do que escreves, a sério. Sigo :)

O blog de um HOMEM disse...

https://www.facebook.com/groups/191606944287385/